R.B.

ROLE A BARRA PARA VER TODAS AS PUBLICAÇÕES

Listen to this podcast on Spreaker

Clique no sêlo

Início em maio de 2010

Google Translate

Seja Bem Vindo!


"Para mim, as diferentes religiões são lindas flores, provenientes do mesmo jardim.
Ou são ramos da mesma árvore majestosa.
Portanto, são todas verdadeiras."

Mahatma Gandhi



Muita paz, muita luz a todos!


Examina o sentido, o modo e a direção de tuas palavras, antes de pronunciá-las. Emmanuel

Pesquisa

sexta-feira, 23 de dezembro de 2011

CARTÃO DE NATAL

MEIMEI/ FRANCISCO CÂNDIDO XAVIER
Aos amigos com muito carinho e votos de Feliz Natal
Cartão de Natal - Meimei/Chico Xavier
Ao clarão do Natal, que em ti acorda a música da esperança, escuta a voz de
alguém que te busca o ninho da própria alma!... Alguém que te acende a estrela da
generosidade nos olhos e te adoça o sentimento, quais se trouxessem uma harpa de
ternura esconda no peito.
Sim, é Jesus, o amigo fiel, que volta.
Ainda que não quisesse, lembar-lhe-ias hoje os dons inefáveis, ao recordares as
canções maternas que te embalaram o berço, o carinho de teu pai, ao recolher-te nos
braços enternecidos, a paciência dos mestres que te guiaram na escola e o amor puro
de velhas afeições que te parecem distantes.
Contemplas a rua, onde luminárias e cânticos lhe reverenciam a glória;
entretanto, vergas-te ao peso das lágrimas que te desafogam o coração... É que ele te
fala no íntimo, rogando perdão para os erram, socorro aos que sofrem, agasalho aos
que tremem na vastidão da noite, consolação aos que gemem desanimados e luz para
os que jazem nas trevas.
Não hesites! Ouve-lhe a petição e faze algo!... Sorri de novo para os que te
ofenderam; abençoa os que feriram; divide o farnel com os irmãos em necessidade;
entrega um minuto de reconforto ao doente; oferece numa fatia de bolo aos que oram,
sozinhos, sob ruínas e pontes abandonadas; estende um lençol macio aos que
esperam a morte, sem aconchego do lar; cede pequenina parte de tua bolsa no auxílio
às mães fatigadas, que se afligem ao pé dos filhinhos que enlanguescem de fome, ou
improvisa a felicidade de uma criança esquecida.
Não importa se diga que cultivas a bondade somente hoje quando o Natal te
deslumbra!... Comecemos a viver com Jesus, ainda que seja por algumas horas, de
quando em quando, e aprenderemos, pouco a pouco, a estar com ele, com todos os
instantes, tanto quanto ele permanece conosco, tornando diariamente ao nosso
convívio e sustentando-nos para sempre.
FONTE: LIVRO ANTOLOGIA MEDIÙNICA DO NATAL

CONSELHO ESPIRITA INTERNACIONAL
FEDERAÇÃO ESPIRITA BRASILEIRA

quarta-feira, 21 de dezembro de 2011

Algo por Eles Neste Natal



Compadece-te de todos aqueles que não podem ou não sabem esperar. Estão eles em toda parte...
Quase sempre são vítimas da inquietação e do medo. Observa quantos já transpuseram as linhas da própria segurança.
São casais que não se toleram nas primeiras rusgas do matrimônio e desfazem a união em que se compromissaram, abraçando riscos pelos quais, em muitas circunstâncias, cedo se encaminham para sofrimento maior;
são mães que rejeitam os filhos que carregam no seio, entregando-se à prática do aborto, recusando a presença de criaturas que se lhes fariam instrumentos de redenção e reconforto no futuro, caindo, às vezes, em largas faixas de doença ou desequilíbrio;
são homens que repelem os problemas inerentes às tarefas que lhes dizem respeito, escapando para situações duvidosas, sob a alegação de que procuram distração e repouso, quando apenas estão dilapidando a estabilidade das obras que, mais tarde, lhes propiciariam refazimento e descanso;
são amigos doentes ou desesperados que se rebelam contra os supostos desgostos da vida e se inclinam para o suicídio, destruindo os recursos e oportunidades que transportariam para a conquista da vitória e da paz em si mesmos;
são jovens, famintos de liberdade e prazer que, impedidos naturalmente do acesso a satisfações imediatas, se engolfam no abuso dos alucinógenos, estragando as faculdades com que o tempo os auxiliaria na construção da felicidade porvindoura.
Neste NATAL, façamos algo por eles, os nossos irmãos que ignoram ou que não querem aceitar os benefícios da serenidade e da esperança.
Pronuncia algumas frases de otimismo e encorajamento; escreve algum bilhete que os reanime para a bênção de viver e servir; estende simpatia em algum gesto espontâneo de gentileza; repete consideração e concurso amigo nos diálogos que colaborem na sustentação da paz e da solidariedade.
Não te declares sem possibilidade de contribuir, nem digas que tens todas as tuas horas repletas de encargos e serviços dos quais não te podes distanciar.
Faze algo, no soerguimento do bem.
Nas realizações da fraternidade, quem ama faz o tempo.

Xavier, Francisco Cândido. Da obra: Deus Aguarda. Ditado pelo Espírito Meimei. 

* * * Estude Kardec * * *
CONSELHO ESPIRITA INTERNACIONAL
FEDERAÇÃO ESPIRITA BRASILEIRA

terça-feira, 20 de dezembro de 2011

Chico Xavier revelou sobre reencarnação de Emmanuel - Forum Espirita


CONSELHO ESPIRITA INTERNACIONAL
FEDERAÇÃO ESPIRITA BRASILEIRA

TELEFONES ÚTEIS - TAUBATÉ

 http://www.taubate-sp.com.br/informacoes.htm
AMETRA - III 3621-5717
ALBERGUE MUNICIPAL 3621-6026
MUSEU MIGRAÇÃO ITALIANO 3686-3340
MADRE CECILIA – II 3621-9888
ASSISTENTE SOCIAL - CTI 3622-9219
BALCÃO DE EMPREGOS 3621-6043
BANESPA - PAB Prefeitura 3625-5085
BANCO DO POVO 3629-6072
CARTORIO ELEITORAL - Jd. M. Augusta 3624-8974
CARTORIO ELEITORAL - Independência 3632-7062
PARQUE ITAIM - Monteiro Lobato o 3633-5008
CENTRO DE CONV. DOS IDOSOS 3633-2908
PROCON 3624-6610
PRONTO SOCORROMUNICIPAL 3621-6036 / 3621-3800
PAMO CENTRAL 3632-3283
CONSELHO TUTELAR 3629-5796
SERV. VIGILÂNCIA EPIDEMIOLÓGICA 3629-6232
ESPORTE JUVENTUDE - II 3635-1336
ESPORTE JUVENTUDE - III 3631-4663
Ambulância 192
Bandeirante Energia (12) 3633 - 4177
Bombeiros 193
Cadeia Pública (12) 3633 - 3131
Câmara Municipal (12) 3625 - 9500
Cardiocentro (12) 3634 - 9000
Centro Saúde (12) 3632 - 0611
CETESB (12) 3633 - 4900
Defesa Civil 199
Delegacia Defesa Mulher (12) 3621- 5499
Delegacia Policia (12) 3633 - 4544
Estação Ferroviaria (12) 3632 - 5214
Estação Rodoviaria Nova (12) 3632 - 0233
Farmacia Plantão 136
Forum (12) 3633 - 5455
Hora Certa 130
Hospital das Clinicas (12) 3634 - 2000
Hospital São Lucas (12) 3634 - 9100
Hospital Universitário (12) 3633 - 4422
INSS (12) 3632 - 3134
Ministério do Exército (12) 3608 - 2000
Policia Civil (147) (12) 3633 - 4544
Policia Militar 190
Policia Rodoviaria Estadual 1551
Prefeitura (12) 3625 - 5000
PROCON (12) 3625 - 5115
Pronto Socorro Municipal (12) 3621 - 6036
Rádio Taxi (12) 3632-5444
Receita Federal 146
Sabesp (12) 3633 - 4411
SUCEN (12) 3632 - 7544
SUCEN (laboratório) (12) 3632 - 7616
Universidade de Taubaté (12) 3625 - 4100

CONSELHO ESPIRITA INTERNACIONAL
FEDERAÇÃO ESPIRITA BRASILEIRA

sexta-feira, 16 de dezembro de 2011

Empréstimo: Camas hospitalares e cadeiras de rodas

 Clique no link abaixo para ir até o site:
Excelente iniciativa! Seria maravilhoso se muitos mais exemplos existissem. Aqui está a prova de que com boa vontade e imaginação, ainda é possivel ajudar muita gente.Que o Divino Mestre inspire e abençoe a todos que  trabalham praticando o bem.Parabéns por essa iniciativa!!!





CONSELHO ESPIRITA INTERNACIONAL 
FEDERAÇÃO ESPIRITA BRASILEIRA
O Livro dos Espíritos comentado pelo Espírito Miramez

quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

Empréstimo Grátis: Camas hospitalares e cadeiras de rodas.

 Clique no link abaixo para acessar o site:
CONSELHO ESPIRITA INTERNACIONAL
FEDERAÇÃO ESPIRITA BRASILEIRA

Vídeos - Mensagens de Natal



CONSELHO ESPIRITA INTERNACIONAL
FEDERAÇÃO ESPIRITA BRASILEIRA
O Livro dos Espíritos comentado pelo Espírito Miramez

ÁRVORES



“E levantando ele os olhos, disse: Vejo os homens, pois, os vejo como árvores que andam.” – Marcos:- 8-24


O cego de Bethsaida, retomando os dons sagrados da vista, proferiu observações de grande interesse.

Sua comparação é das mais belas.

O reino das árvores apresenta silenciosas mensagens aos que saibam ouvi-lo.

Qual acontece, no caminho das criaturas, existem árvores de todos os feitios.

Vêem-se as que se cobrem apenas de ramos farfalhados à maneira dos homens palavrosos; as tortuosas, copiando os seres indecisos, ensaiando passos para o ingresso nas estradas retilíneas; as de tronco espinhoso, imitando os espíritos mais ásperos e ainda envenenados; as frutíferas que auxiliam carinhosamente as criaturas, não obstante os golpes e incompreensões recebidos, dando a idéia das almas santificadas, que servem ao Bem e à Verdade, no silencio divino.

Nessa flora, como os seres ignorantes e grosseiros que ainda não chegaram a ser homens espirituais, não obstante a sua forma física, existem igualmente as plantas invasoras e parasitarias que não chegaram a ser árvores, apesar da forma verde de suas folhas.

Quem não terá visto, alguma vez, a herva daninha, tentando sufocar a laranjeira, imitando as lutas da estrada humana?

Quem não terá observado a trepadeira fascinante, florindo na coroa de uma árvore centenária, dando a impressão de ser tão alta e de tronco tão robusto, quanto ela?

Que homem não terá reconhecido o ataque das plantas minúsculas que costumam esconder as estradas e invadir as propriedades ao abandono?

O plano dos vegetais oferece às criaturas lições de profundo valor.

Se já podes ver, como aquele cego feliz de Bethsaida, procura ser um elemento útil e digno, entre as árvores que andam.



pelo Espírito Emmanuel - Do livro: Levantar e Seguir, Médium: Francisco Cândido Xavier.

CONSELHO ESPIRITA INTERNACIONAL
FEDERAÇÃO ESPIRITA BRASILEIRA
O Livro dos Espíritos comentado pelo Espírito Miramez 

quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

A Passagem

Por Allan Kardec

A confiança na vida futura não exclui as apreensões da  passagem desta para a outra vida. Muitas pessoas não temem a morte por si mesma; o que temem é o momento da transição. Sofre-se ou não se sofre na travessia? Aí está o que as inquieta; e a coisa vale tanto mais apenas porque ninguém dela pode escapar. Pode-se dispensar de uma viagem terrestre; mas aqui, ricos como pobres devem transpor o limiar e, se for doloroso, nem a classe nem a fortuna podem abrandar-lhe a amargura.

Clóvis Nunes - O Espiritismo, a Bíblia e as Religiões - Pt.1

 Link Direto
http://youtu.be/jqbEVc_kyPo



CONSELHO ESPIRITA INTERNACIONAL
FEDERAÇÃO ESPIRITA BRASILEIRA
Gotas de Paz

Veja novas postagens em: http://blogoliviaespirita.blogspot.com

Clique no link abaixo para acessar o site:

CONSELHO ESPIRITA INTERNACIONAL
FEDERAÇÃO ESPIRITA BRASILEIRA

terça-feira, 22 de novembro de 2011

VÍDEO ESPIRITA - SÉRIE DIVALDO FRANCO



CONSELHO ESPIRITA INTERNACIONAL
FEDERAÇÃO ESPIRITA BRASILEIRA

Eis a mensagem do Raul para todos.

Eis a mensagem do Raul para todos.
Eis a mensagem do Raul para todos.
De: Alamar Régis Carvalho

CONSELHO ESPIRITA INTERNACIONAL
FEDERAÇÃO ESPIRITA BRASILEIRA

BLOG ESPÍRITA OLÍVIA: O Livro dos Espíritos comentado pelo Espírito Miramez


CONSELHO ESPIRITA INTERNACIONAL
FEDERAÇÃO ESPIRITA BRASILEIRA

Blog Espírita » Blog Espírita


CONSELHO ESPIRITA INTERNACIONAL
FEDERAÇÃO ESPIRITA BRASILEIRA

Links em Forum Espírita

 Clique no link abaixo para acessar postagens

CONSELHO ESPIRITA INTERNACIONAL
FEDERAÇÃO ESPIRITA BRASILEIRA

Rosalba - El que tenga oidos para oir que oiga - FEC - Jun 2009 - Español

 Link Direto
http://youtu.be/kpdcMvQVtIg



CONSELHO ESPIRITA INTERNACIONAL
FEDERAÇÃO ESPIRITA BRASILEIRA

2012 e Transição Planetária na Visão Espírita - Nazareno Feitosa - Espi...

 Link Direto
http://youtu.be/sNNzBWO6Y6M

Porque Matar Seu Filho?


Os três funcionários daquela secção já não eram apenas colegas de trabalho, eram bons amigos.
A senhora que ocupava o cargo de chefia era uma espécie de mãe para os dois rapazes que dividiam com ela as atividades diárias.
O horário de expediente não era próprio para intensificar a amizade, e o tempo do cafezinho era curto para travar uma conversa mais demorada, por essa razão o moço Ronaldo, já casado, convidou o amigo para visitar sua casa.
Raul, o jovem solteiro, passou a frequentar o lar do colega e os laços do afeto se estreitaram também com sua jovem esposa.
Passado algum tempo, o casal comemorava o nascimento da primeira filha.
A alegria tomou conta daquele lar com a chegada da pequena Ana Cláudia.
O tempo passou e um dia Ronaldo chegou ao trabalho meio cabisbaixo, o que não passou despercebido ao amigo, sempre atencioso e sensível.
O que está acontecendo, meu amigo? Perguntou Raul.
Ronaldo disse-lhe que algo o estava preocupando muito, mas agora não era o momento para falar no assunto.
Naquele dia ele convidou Raul para tomar o cafezinho, alguns minutos antes. Precisava desabafar.
Mal se sentaram à mesa e Ronaldo disse ao amigo: você sabe que minha filha acaba de fazer dez meses e minha esposa está grávida outra vez?
Não deu tempo para o amigo se manifestar e completou, aborrecido: mas eu não vou aceitar esse filho. Já marcamos o aborto para amanhã cedo. Vamos tirar a criança.
Raul sentiu como se o chão lhe faltasse sob os pés. Como cristão, não conseguia entender como um pai e uma mãe têm coragem de cometer um crime desses.
Ronaldo continuou suas justificativas dizendo: não dá para aceitar um filho logo em seguida do outro. Nossa menina está com apenas 10 meses...
Raul agora entendera melhor as razões do amigo e perguntou com sincera vontade de obter uma resposta séria: mas, e por que você deseja matar seu filho?
A pergunta caiu como uma bomba no coração de Ronaldo. Ele ainda não havia pensado na gravidade da situação.
Pensara em aborto, mas não no que ele representa: um homicídio.
Raul ainda lhe fez mais uma pergunta: e se sua filha vier a falecer, como ficarão as coisas?
Ronaldo ficou desconcertado, abaixou a cabeça, terminou de tomar seu café e voltaram, ambos, para o trabalho.
Raul tinha atividades no seu templo religioso e como a reencarnação é parte das suas convicções, rogou com fervor a Deus para que salvasse aquela criança.
No dia imediato os dois chegaram à secção, no período da tarde, pois trabalhavam só meio expediente, mas Raul não teve coragem de perguntar nada ao amigo. Temia pela resposta.
Mas Ronaldo tomou a iniciativa, dizendo: minha esposa e eu não conseguimos dormir esta noite...
O coração do amigo bateu acelerado..., mas não falou nada.
Logo Ronaldo concluiu: resolvemos deixar que venha mais um...
Raul explodiu em lágrimas de profunda alegria e alguns meses depois estava na festa de um ano de Ana Paula, a segunda filha do casal, contemplando, feliz, o paizão exibindo as duas meninas, uma em cada braço.
O tempo passou e um dia, após retornar de breve viagem, Raul não encontrou o amigo na repartição, e quis saber o que havia acontecido.
A chefe lhe falou: então você ainda não sabe?
Não, me diga o que houve, por favor. E a notícia lhe abalou novamente a estrutura ao ouvir a resposta:
A filha mais velha do Ronaldo faleceu.
Raul dirigiu-se imediatamente para o lar dos amigos para encontrar o casal em profunda tristeza.
Ronaldo, que chorava discretamente com a filha adormecida em seu colo, disse com profunda dor ao amigo:
Quero lhe agradecer por ter salvado minha vida. Sim, porque se você não tivesse evitado que eu matasse Ana Paula, a essa hora eu já teria matado a mim, movido pelo remorso e pelo desespero.
Os amigos se abraçaram e choraram juntos por algum tempo. Mas Raul não esqueceu de agradecer a Deus por ter atendido as suas preces, poupando a vida daquela criança, que agora dormia, serena, no colo do pai, que um dia havia pensado em mata-la, no ventre da mãe.
Equipe de Redação do Momento Espírita. Texto baseado em história contada por Raul Teixeira em palestra na Comunhão Espírita Cristã de Curitiba-PR, no dia 11/04/02. 

* * * Estude Kardec * * *

CONSELHO ESPIRITA INTERNACIONAL
FEDERAÇÃO ESPIRITA BRASILEIRA

quinta-feira, 10 de novembro de 2011

Comemoração Espírita do Natal


http://www.cvdee.org.br/artigostexto.asp?id=011

Comemoração Espírita do Natal (Artigo 2 de 5)
       





As antigas e primitivas civilizações viviam quase que exclusivamente da caça e da pesca para a sobrevivência. O instinto sobrepujava a razão e a vida em coletividade propiciava certamente grandes reuniões em torno da comida caçada, seja para festejar a vitória do homem sobre o animal, para saciar a fome ou pelo prazer de estarem juntos.

O progresso da humanidade pela utilização da inteligência proveu ao homem sua casa, sua roupa, suas armas, até a invenção das letras e o registro escrito das idéias, mas o senso de coletividade, da vida em sociedade descrito no Livro dos Espíritos(1) sempre existiram e todas as grandes ou pequenas reuniões sempre foram acompanhadas de farta alimentação, não raro para "informar" a condição social do grupo.

Este hábito milenar não mudou. Pequenas e singelas reuniões espíritas também são acompanhadas do tradicional chazinho, bolinho, bolachinha e outros humildes "inhos", reflexo das fortes impressões secularmente marcadas em nosso espírito.
Daí, para entendermos a razão de comemorarmos o Natal com banquetes deslumbrantes, bebidas alcoólicas e demais desatinos não é necessário muito exercício de raciocínio.
O que nos interessa, portanto, após a compreensão desse fato, é desvinculação dele do verdadeiro sentido da data natalina. Já que não podemos fugir da convenção da existência do 25 de dezembro como sendo a comemoração do nascimento de Jesus; não podemos nos esconder no porão da casa para fugir ao consumismo comercial provocado pela euforia da troca de presentes, nós espíritas devemos nos envolver mais profundamente com seu significado maior, lembrando aos amigos e freqüentadores das Casas Espíritas que Jesus, em nenhuma hipótese espera que comemoremos seu aniversário empanturrados de comida ou bêbados, pois Ele veio nos ensinar a viver em paz, a amar os semelhantes e a compreender Deus como Pai bondoso e sempre disposto a nos oferecer oportunidades de aprendizado através da reencarnação como forma de crescer espiritualmente e atingir as altas paragens espirituais, até sermos perfeitos(2).
Lembrar aos espíritas, que a data é propícia para as famílias que realizam reuniões de estudos do Evangelho no Lar, oferecerem neste dia aos demais familiares a oportunidade de comemorar o Natal sem os exageros conhecidos. Participar da vida social normalmente, participando até das conhecidas brincadeiras de amigo secreto, almoço confraternativo na empresa também faz parte do nosso dia-a-dia terreno, porém , tendo sempre em mente a condição espírita: o Natal é uma alusão ao nascimento do Cristo e em nenhuma hipótese os exageros devam fazer parte de nossa vida e o nosso exemplo junto aos não espíritas poderá ser uma útil fonte para reflexões.

(1) O Livro dos Espíritos, A. Kardec - Q. 766 - 76ª Ed. - FEB
(2) O Livro dos Espíritos, A. Kardec - Q. 112/113 - 76ª Ed. - FEB

Fonte de pesquisa:http://www.cvdee.org.br/artigostexto.asp?id=011

O Espírita na Sociedade - Carlos Alberto Braga

terça-feira, 25 de outubro de 2011

Ser Espírita



... Ser espírita é ser cristão, viver religiosamente o Cristo de Deus em toda a intensidade do compromisso, caindo e levantando, desconjuntando os joelhos e retificando os passos, remendando as carnes dilaceradas e prosseguindo fiel em favor de si mesmo e da era do Espírito Imortal.

Chamados para esta luta que começa no país da consciência e se exterioriza na indimensionalidade geográfica, além das fronteiras do lar, do grupo social, da pátria, em direção do mundo, lutai para serdes escolhidos. Perseverai para receberdes a eleição de servidores fiéis que perderam tudo, menos a honra de servir; que padeceram, imolados na cruz invisível da renúncia, que vos erguerá aos páramos da plenitude.

Jesus, meus filhos – que prossegue crucificado pela ingratidão de muitos homens -, é livre em nossos corações, caminha pelos nossos pés, afaga com nossas mãos, fala em nossas palavras gentis e só vê beleza pelos nossos olhos fulgurantes como estrelas luminíferas no silêncio da noite.



pelo Espírito Bezerra de Menezes - Trecho da mensagem psicofônica O Brasil e a sua missão histórica de Coração do mundo e pátria do Evangelho, recebida por Divaldo Pereira Franco, na Reunião do Conselho Federativo Nacional de 6 de novembro de 1988, realizada em Brasília, DF, na sede da Federação Espírita Brasileira. Do site: http://www.divaldofranco.com/mensagens.php?not=145.

ORAÇÃO DIANTE DO TEMPO

Senhor Jesus!

Diante do calendário que se renova, deixa que nos ajoelhemos para implorar-te compaixão.

Tu que Eras antes que fôssemos, que nos tutelastes, em nome do Criador, na noite insondável das origens, não desvies de nós Teu olhar, para que não venhamos a perder o adubo do sangue e das lágrimas, oriundos das civilizações que morreram sob o guante da violência!...

Determinaste que o Tempo, à feição de ministro silencioso de tua justiça, nos seguisse todos os passos...

E, com os séculos, carregamos o pedregulho da ilusão, dele extraindo o ouro da experiência.

Do berço para o túmulo e do túmulo para o berço, temos sido senhores e escravos, ricos e pobres, fidalgos e plebeus.

Entretanto, em todas as posições, temos vivido em fuga constante da verdade, à caça de triunfo e dominação para o nosso velho egoísmo.

Na governança, nutríamos a vaidade e a miséria.
Na subalternidade, alentávamos o desespero e a insubmissão.
Na fortuna, éramos orgulhosos e inúteis.
Na carência, vivíamos intemperantes e despeitados.
Administrando, alongávamos o crime.
Obedecendo, atendíamos à vingança.
Resistíamos a todos os teus apelos, em tenebrosos labirintos de opressão e delinqüência, quando vieste ensinar-nos o caminho libertador.
Não Te limitaste a crer na glória do Pai Celeste.
Estendeste-Lhe a incomparável bondade.
Não Te circunscreveste à fé que renova.
Abraçaste o amor que redime.
Não Te detiveste entre os eleitos da virtude.
Comungaste o ambiente das vítimas do mal, para reconduzi-las ao bem.
Não Te ilhaste na oração pura e simples.
Ofertaste mãos amigas às necessidades alheias.
Não Te isolaste, junto à dignidade venerável de Salomé, a venturosa mãe dos filhos de Zebedeu.
Acolheste a Madalena, possuída de sete gênios sombrios.
Não consideraste tão-somente a Bartimeu, o mendigo cego.
Consagraste generosa atenção a Zaqueu, o rico necessitado.
Não apenas aconselhaste a fraternidade aos semelhantes.
Praticaste-a com devotamento e carinho, da intimidade do lar ao sol meridiano da praça pública.
Não pregaste a doutrina do perdão e da renúncia exclusivamente para os outros.
Aceitaste a cruz do escárnio e da morte, com abnegação e humildade, a fim de que aprendêssemos a procurar contigo a divina ressurreição...

Entretanto, ainda hoje, decorridos quase vinte séculos sobre o teu sacrifício, não temos senão lágrimas de remorso e arrependimento para fecundar o Saara de nossos corações...

Em teu nome, discípulos infiéis que temos sido, espalhamos nuvens de discórdia e crueldade nos horizontes de toda a Terra! É por isso que o Tempo nos encontra hoje tão pobres e desventurados como ontem, por desleais ao teu Evangelho de Redenção.

Não nos deixeis, contudo, órfãos de tua bênção...

No oceano encapelado das provações que merecemos, a tempestade ruge em pavorosos açoites... Nosso mundo, Senhor, é uma embarcação que estala aos golpes rijos do vento. Entre as convulsões da procela que nos arrasta e o abismo que nos espreita, clamamos por teu socorro! E confiamos em que te levantarás luminoso e imaculado sobre a onda móvel e traiçoeira, aplacando a fúria dos elementos e exclamando para nós, como outrora disseste aos discípulos aterrados: – “Homens de pouca fé, porque duvidastes?”.



pelo Espírito Irmão X - Do livro: Cartas e Crônicas, Médium: Francisco Cândido Xavier.

Mães de Chico Xavier Filme












12-http://www.youtube.com/watch?v=sk6sAJxms5c&feature=related

Raul Teixeira - Espalhamento.Obsessivo 1

Clique no link abaixo para assistir diretamente na Youtube:

Recanto do Idoso Nosso Lar

 Clique no link abaixo para assistir diretamente na Youtube:
http://youtu.be/0SFFJnjHhnc

Divaldo Franco - As pinturas da vida

Clique no link abaixo para assistir diretamente na Youtube:
http://youtu.be/4efobsA8iTQ

Mais vídeos de Raul Teixeira nêste link:

 Clique no link abaixo para acessar os vídeos:
http://www.youtube.com/watch?v=DzdaAuiDGhI&feature=related

Raul Teixeira - Má propaganda do Espiritismo (Isso não é Espiritismo)

Clique no link abaixo para acessar diretamente na Youtube:

quarta-feira, 12 de outubro de 2011

A Beneficência

http://br.groups.yahoo.com/group/reflexaoespirita/message/2950

Várias maneiras há de fazer-se a caridade, que muitos dentre vós confundem com a esmola. Diferença grande vai, no entanto, de uma para outra. A esmola, meus amigos, é algumas vezes útil, porque dá alívio aos pobres; mas é quase sempre humilhante, tanto para o que a dá, como para o que a recebe. A caridade, ao contrário, liga o benfeitor ao beneficiado e se disfarça de tantos modos! Pode-se ser caridoso, mesmo com os parentes e com os amigos, sendo uns indulgentes para com os outros, perdoando-se mutuamente as fraquezas, cuidando não ferir o amor-próprio de ninguém. Vós, espíritas, podeis sê-lo na vossa maneira de proceder para com os que não pensam como vós, induzindo os menos esclarecidos a crer, mas sem os chocar, sem investir contra as suas convicções e, sim, atraindo-os amavelmente às nossas reuniões, onde poderão ouvir-nos e onde saberemos descobrir nos seus corações a brecha para neles penetrarmos. Eis aí um dos aspectos da caridade.
Escutai agora o que é a caridade para com os pobres, os deserdados deste mundo, mas recompensados de Deus, se aceitam sem queixumes as suas misérias, o que de vós depende. Far-me-ei compreender por um exemplo.
Vejo, várias vezes, cada semana, uma reunião de senhoras, havendo-as de todas as idades. Para nós, como sabeis, são todas irmãs. Que fazem? Trabalham depressa, muito depressa; têm ágeis os dedos. Vede como trazem alegres os semblantes e como lhes batem em uníssono os corações. Mas, com que fim trabalham? É que vêem aproximar-se o inverno que será rude para os lares pobres. As formigas não puderam juntar durante o estio as provisões necessárias e a maior parte de suas utilidades está empenhada. As pobres mães se inquietam e choram, pensando nos filhinhos que, durante a estação invernosa, sentirão frio e fome! Tende paciência, infortunadas mulheres. Deus inspirou a outras mais aquinhoadas do que vós; elas se reuniram e estão confeccionando roupinhas; depois, um destes dias, quando a terra se achar coberta de neve e vós vos lamentardes, dizendo: "Deus não é justo'', que é o que vos sai dos lábios sempre que sofreis, vereis surgir a filha de uma dessas boas trabalhadoras que se constituíram obreiras dos pobres, pois que é para vós que elas trabalham assim, e os vossos lamentos se mudarão em bênçãos, dado que no coração dos infelizes o a amor acompanha de bem perto o ódio.
Como essas trabalhadoras precisam de encorajamento, vejo chegarem-lhes de todos os lados as comunicações dos bons espíritos. Os homens que fazem parte dessa sociedade lhes trazem também seu concurso, fazendo-lhes uma dessas leituras que agradam tanto. E nós, para recompensarmos o zelo de todos e de cada um em particular, prometemos às laboriosas obreiras boa clientela, que lhes pagará à vista, em bênçãos, única moeda que tem curso no Céu, garantindo-lhes, além disso, sem receio de errar, que essa moeda não lhes faltará. - Cárita. (Lião, 1861.)

Allan Kardec. Da obra: O Evangelho Segundo o Espiritismo. 112 edição. Capítulo XIII. Item 14. Livro eletrônico gratuito em http://www.febnet.org.br. Federação Espírita Brasileira. 1996. 

domingo, 2 de outubro de 2011

O Servo Feliz


Certo dia, chegaram ao Céu um Marechal, um Filósofo, um Político e um Lavrador.
Um Emissário Divino recebeu-os, em elevada esfera, a fim de ouvi-los.
O Marechal aproximou-se, reverente, e falou:
- Mensageiro do Comando Supremo, venho da Terra distante. Conquistei muitas medalhas de mérito, venci numerosos inimigos, recebi várias homenagens em monumentos que me honram o nome.
- Que deseja em troca de seus grandes serviços? - indagou o Enviado.
- Quero entrar no Céu.
O Anjo respondeu sem vacilar:
- Por enquanto, não pode receber a dádiva. Soldados e adversários, mulheres e crianças chamam-no insistentemente da Terra. Verifique o que alegam de sua passagem pelo mundo e volte mais tarde.
O Filósofo acercou-se do preposto divino e pediu:
- Anjo do Criador Eterno, venho do acanhado círculo dos homens. Dei às criaturas muita matéria de pensamento. Fui laureado por academias diversas. Meu retrato figura na galeria dos dicionários terrestres.
- Que pretende pelo que fez? - perguntou o Emissário.
- Quero entrar no Céu.
- Por agora, porém - respondeu o mensageiro sem titubear -, não lhe cabe a concessão. Muitas mentes estão trabalhando com as idéias que você deixou no mundo e reclamam-lhe a presença, de modo a saberem separar-lhe os caprichos pessoais da inspiração sublime. Regresse ao velho posto, solucione seus problemas e torne oportunamente.
O Político tomou a palavra e acentuou:
- Ministro do Todo-Poderoso, fui administrador dos interesses públicos. Assinei várias leis que influenciaram meu tempo. Meu nome figura em muitos documentos oficiais.
- Que pede em compensação? - perguntou o Missionário do Alto.
- Quero entrar no Céu.
O Enviado, no entanto, respondeu, firme:
- Por enquanto, não pode ser atendido. O povo mantém opiniões divergentes a seu respeito. Inúmeras pessoas pronunciam-lhe o nome com amargura e esses clamores chegam até aqui. Retorne ao seu gabinete, atenda às questões que lhe interessam a paz Íntima e volte depois.
Aproximou-se, então, o Lavrador e falou, humilde:
- Mensageiro de Nosso Pai, fui cultivador da terra... plantei o milho, o arroz, a batata e o feijão. Ninguém me conhece, mas eu tive a glória de conhecer as bênçãos de Deus e recebê-las, nos raios do Sol, na chuva benfeitora, no chão abençoado, nas sementes, nas flores, nos frutos, no amor e na ternura de meus filhinhos...
O Anjo sorriu e disse:
- Que prêmio deseja?
O Lavrador pediu, chorando de emoção:
- Se Nosso Pai permitir, desejaria voltar ao campo e continuar trabalhando. Tenho saudades da contemplação dos milagres de cada dia... A luz surgindo no firmamento em horas certas, a flor desabrochando por si mesma, o pão a multiplicar-se!... Se puder, plantarei o solo novamente para ver a grandeza divina a revelar-se no grão, transformado em dadivosa espiga... Não aspiro a outra felicidade senão a de prosseguir aprendendo, semeando, louvando e servindo!...
O Mensageiro Espiritual abraçou-o e exclamou, chorando igualmente, de júbilo:
- Venha comigo! O Senhor deseja vê-lo e ouvi-lo, porque diante do Trono Celestial apenas comparece quem procura trabalhar e servir sem recompensa.

Xavier, Francisco Cândido. Da obra: Alvorada Cristã. Ditado pelo Espírito Neio Lúcio. Capítulo 5. FEB. 

* * * Estude Kardec * * *

sexta-feira, 30 de setembro de 2011

FRANCISCO REBOUÇAS - ESPIRITISTA: Ensinamentos valiosos!

FRANCISCO REBOUÇAS - ESPIRITISTA: Ensinamentos valiosos!: O crescimento, a que o Evangelho se reporta, deve orientar-se na virtude cristã e no conhecimento da vontade divina. Aprenda cada um a sua...

Postagens do Blog Universalidade Espírita

Diversas Palestras de Divaldo Franco









BUSCA INTERIOR: UMA VIAGEM PARA O AUTODESCOBRIMENTO
LINK DOWNLOAD: http://www.megaupload.com/?d=QE83S31Z


6º MOVIMENTO VOCÊ E A PAZ (2003)
LINK DOWNLOAD: http://www.megaupload.com/?d=BGAGOBVM


SUPREMA EXCELÊNCIA DO AMOR
LINK DOWNLOAD: http://www.megaupload.com/?d=9RMOJX2N


O PODER DA FÉ RACIOCINADA
LINK DOWNLOAD: http://www.megaupload.com/?d=J0SGQMU0


LIBERTAÇÃO PELO AMOR
LINK DOWNLOAD: http://www.megaupload.com/?d=BNVUQSOH


UMA VIAGEM AO INTERIOR DO HOMEM
LINK DOWNLOAD: http://www.megaupload.com/?d=9GLLGADK


TRIUNFO PESSOAL
LINK DOWNLOAD: http://www.megaupload.com/?d=0RV7F2Z2


TRIUNFO PESSOAL (PARTE 3 EM VÍDEO)
LINK DOWNLOAD - PARTE III-A: http://www.megaupload.com/?d=9Q3IPRXW
LINK DOWNLOAD - PARTE III-B: http://www.megaupload.com/?d=S3HQ953D


RESPONSABILIDADE E CONSCIÊNCIA
LINK DOWNLOAD: http://www.megaupload.com/?d=J137OO94


OUVINDO O CORAÇÃO
LINK DOWNLOAD: http://www.megaupload.com/?d=T3WXTVDH


DIANTE DE DEUS E O UNIVERSO
DOWNLOAD: http://www.megaupload.com/?d=NQVI6484


DIVALDO RESPONDE: ASSUNTOS DIVERSOS
DOWNLOAD: http://www.megaupload.com/?d=7AWARPN3


A PRÁTICA DA MEDIUNIDADE NO CENTRO ESPÍRITA
DOWNLOAD: http://www.megaupload.com/?d=AH5XJ4DO


O PENSAMENTO
DOWNLOAD: http://www.megaupload.com/?d=EB6UGTV9


SAÚDE INTEGRAL
DOWNLOAD: http://www.megaupload.com/?d=IHNJTRM3


A CORAGEM DE VIVER
DOWNLOAD: http://www.megaupload.com/?d=M75L5YHI


ACORDES DE LUZ (MENSAGENS NA VOZ DE DIVALDO FRANCO)
DOWNLOAD: http://www.megaupload.com/?d=4Z86R7SC


MEDIUNIDADE
DOWNLOAD: http://www.megaupload.com/?d=V6UY8VDT


OBSESSÃO, LOUCURA, TERAPIA, RESGATE
DOWNLOAD: http://www.megaupload.com/?d=KP5DP1XK


ESPIRITISMO: RUMO PARA SER FELIZ
DOWNLOAD: http://www.megaupload.com/?d=0LSL5XCG


CHICO XAVIER: MEDIUNIDADE COM JESUS E KARDEC (ABERTURA DO 3º CONGRESSO ESP. BRASILEIRO)
DOWNLOAD: http://www.megaupload.com/?d=I8CPYBR6


CHICO XAVIER: O MENSAGEIRO DA PAZ (ENCERRAMENTO DO 3º CONGRESSO ESP. BRASILEIRO)
DOWNLOAD: http://www.megaupload.com/?d=AAX0V7P0


AIDS E SEXO
DOWNLOAD: http://www.megaupload.com/?d=B4LKMZD4


CIÊNCIA E JESUS: O MAIOR TERAPEUTA DA HUMANIDADE
DOWNLOAD: http://www.megaupload.com/?d=DYMTZ4XS


ANÁLISE DO HOMEM NA TERRA
DOWNLOAD: http://www.megaupload.com/?d=AZPB2IKF


HOMENAGEM AOS 140 ANOS DE O EVANGELHO SEGUNDO O ESPIRITISMO
DOWNLOAD: http://www.megaupload.com/?d=TP25FDMO


VIOLÊNCIA E PAZ
DOWNLOAD: http://www.megaupload.com/?d=TQJ3LLGG


MEDIUNIDADE: DIVALDO FRANCO RESPONDE
DOWNLOAD: http://www.megaupload.com/?d=4YTE6VYU


A CASA ESPÍRITA: PROBLEMAS E SOLUÇÕES
DOWNLOAD: http://www.megaupload.com/?d=0TXOKIOR


VIVENCIANDO A VERDADE
DOWNLOAD: http://www.megaupload.com/?d=7ZJLKA61


A VELHICE E O TRIUNFO DA VIDA
DOWNLOAD: http://www.megaupload.com/?d=9GOJY382


UMA NOVA VISÃO DA LOUCURA E DA OBSESSÃO, SAÚDE E DOENÇA
DOWNLOAD: http://www.megaupload.com/?d=NS6XOL8A


PRIMEIRO CONGRESSO ESPÍRITA MUNDIAL
DOWNLOAD: http://www.megaupload.com/?d=SVMPGBWP


A PAZ VEM DE DEUS
DOWNLOAD: http://www.megaupload.com/?d=ZZKOGKX7


A MORTE DE ALLAN KARDEC E O TRIUNFO DA IMORTALIDADE
DOWNLOAD: http://www.megaupload.com/?d=M9FM82DX


RECONCILIAÇÃO (O PERDÃO DE CLÁUDIA)
DOWNLOAD: http://www.megaupload.com/?d=663J88BO


DESPERTE E SEJA FELIZ
DOWNLOAD: http://www.megaupload.com/?d=4T21D0C8


O HOMEM EM BUSCA DO AUTODESCOBRIMENTO
DOWNLOAD: http://www.megaupload.com/?d=PYYL0S0E


A HISTÓRIA DE HUGOLIN
DOWNLOAD: http://www.megaupload.com/?d=O4MC3T47


NAS TRILHAS DO RABI GALILEU
DOWNLOAD: http://www.megaupload.com/?d=ZEHQSIPR


EUFRÁSIA (O PODER DO AMOR)
DOWNLOAD: http://www.megaupload.com/?d=6EYS98DV


A IMORTALIDADE DA ALMA
DOWNLOAD: http://www.megaupload.com/?d=E4PVI5JV


OS NOVOS DISCÍPULOS DE JESUS
DOWNLOAD: http://www.megaupload.com/?d=9DUAUBF0

Curso de Ingles Grátis

Ser Especial



Ser especial


Conta-se que um famoso palestrante começou um seminário segurando uma nota de cem reais. Para as cerca de duzentas pessoas que se encontravam na sala, ele perguntou quem queria aquela nota.
Todos ergueram a mão.

Então, ele amassou a nota e perguntou outra vez quem desejava possuí-la. As mãos continuaram erguidas.
Ele amassou a nota um tanto mais. Depois de se encontrar bem amarrotada, a mostrou ao público e repetiu a pergunta.

Eles continuavam a querer a nota. Agora, pareciam ansiosos, esperando que ele decidisse, de uma vez por todas, quem a receberia.

Mas, o palestrante a colocou com cuidado sobre a mesa, procurando alisá-la, a fim de que melhorasse seu aspecto. Enquanto ia fazendo isso, lentamente, foi falando:

O que acabamos de vivenciar nos deve servir de grande lição. Não importa o que eu faça com o dinheiro, vocês ainda irão querer esta nota, porque ela não perde o valor.
Amarrotada, amassada, dobrada, envelhecida, enrugada, ela continuará a ter o mesmo valor, cem reais.

Pois bem. Em nossas vidas também ficamos um tanto amassados, amarrotados pelas desilusões que nos permitimos, pelas dificuldades próprias da vida, pelo cansaço que vai tomando conta de nós.

Às vezes, nos dobramos ante o peso das dores que nos chegam. De outras, o pranto que derramamos pela perda financeira ou pelo abandono de um amigo, nos deixa com aspecto doentio, enrugado. É como se nos permitíssemos murchar pela dor.

Os anos pintarão marcas em nossas faces, alterando o brilho dos olhos e a maciez da pele. As mãos perderão algo da sua flexibilidade e as pernas demorarão um pouco mais para a realização dos movimentos.

A nossa memória poderá nos pregar algumas peças, ensejando-nos trocar nomes de pessoas, esquecer datas importantes ou fatos ocorridos.

De outras vezes, poderemos nos sentir como notas sujas, pelas decisões erradas que tomamos. É quando o remorso chega e tenta se assenhorear de nossa mente.

Quando tudo isso acontece, nos sentimos homens ou mulheres sem valor.

Mas, não é verdade. Não importa quanto estejamos sujos, maltratados, amarrotados, pisados, enrugados. Continuamos a ter valor. Um valor especial.

Isso porque cada um de nós é especial. Somos espíritos imortais e se, a caminho da perfeição, passamos por pântanos, estradas solitárias e lamaçais, ainda assim continuamos a ser especiais.


*   *   *

Não entremos em depressão por descobrir que somos uma pessoa com muitas falhas.
É sempre tempo de recomeçar. Levantemos a cabeça. Tomemos a decisão. E mudemos.
Se praticamos o mal, proponhamo-nos a consertar o que for possível.

Se estamos magoados, sacudamos a poeira dos sentimentos que nos deixam doentes, observemos o dia que nasce e conscientes de que somos únicos, adentremos pelos caminhos que produzem vontade de viver.

Se, por acaso, descobrirmos que ninguém nos ama, tenhamos certeza que, acima e além de todos, quem nos criou, nos ama de forma incondicional.

Assim, espanquemos a tristeza. Acabemos com o desânimo.
Lembremos: hoje é o melhor dia de toda nossa vida. E somos seres muito, muito especiais.

Redação do Momento Espírita, com base no
artigo Para um amigo especial, de autoria
ignorada.
Em 23.4.2014.

FEDERAÇÕES ESPÍRITAS

FEDERAÇÃO ESPÍRITA DO ESTADO DO ACRE

Federação Espírita de Alagoas

Federação Espírita do Amapá
Federação Espírita Amazonense
Federação Espírita do Estado da Bahia
Federação Espírita do Estado do Ceará
Federação Espírita do Distrito Federal
Federação Espírita do Estado do Espírito Santo
http://www.feees.org.br/
Federação Espírita do Maranhão
http://www.femar.org.br/paginas/proximos_eventos.php Federação Espírita do Estado do Mato Grosso http://www.feemt.org.br/
União Espírita Mineira
http://www.uemmg.org.br/ Pará Espírita http://www.paraespirita.com.br/site3/ Federação Espírita Paraibana http://fepb.org.br/ Federação Espírita do Paraná http://www.feparana.com.br/ Federação Espírita Piauense http://www.fepiaui.org.br/site/ Conselho Espírita do Estado do Rio de Janeiro http://www.ceerj.org.br/portal/ Federação Espírita do Rio Grande do Norte http://www.fern.org.br/ Federação Espírita do Rio Grande do Sul http://www.fergs.org.br/portal/ Federação Espírita Raraimense http://www.fer.org.br/ Federação Espírita Catarinense http://www.fec.org.br/ Portal da Federação Espírita do Estado de São Paulo http://feesp.com.br/eventos/palestras/ Federação Espírita do Estado de Sergipe http://www.fees.org.br/ Federação Espírita do Estado do Tocantins http://www.feetins.org.br/ Federações Espírita http://www.fern.org.br/movimento-espirita/links/14-federacoes.html

NATAL É JESUS

“Há mais, muito mais, para o Natal do que luz de vela e alegria; É o espírito de doce amizade que brilha todo o ano. É consideração e bondade, é a esperança renascida novamente, para paz, para entendimento, e para benevolência dos homens.”