R.B.

ROLE A BARRA PARA VER TODAS AS PUBLICAÇÕES

Listen to this podcast on Spreaker

Clique no sêlo

Início em maio de 2010

Google Translate

Seja Bem Vindo!


"Para mim, as diferentes religiões são lindas flores, provenientes do mesmo jardim.
Ou são ramos da mesma árvore majestosa.
Portanto, são todas verdadeiras."

Mahatma Gandhi



Muita paz, muita luz a todos!


Examina o sentido, o modo e a direção de tuas palavras, antes de pronunciá-las. Emmanuel

Pesquisa

sábado, 10 de novembro de 2012

Madre Teresa de Calcutá - ( Filme COMPLETO )

908 ESPIRITISMO MENSAGENS DE LUZ NA VOZ DE VOZ DE CHICO XAVIER CON...

907 ESPIRITISMO MENSAGENS DE LUZ NA VOZ DE VOZ DE CHICO XAVIER CON...

906 ESPIRITISMO MENSAGENS DE LUZ NA VOZ DE VOZ DE CHICO XAVIER CAR...

903 ESPIRITISMO MENSAGENS DE LUZ NA VOZ DE VOZ DE CHICO XAVIER BUR...

904 ESPIRITISMO MENSAGENS DE LUZ NA VOZ DE VOZ DE CHICO XAVIER CAN...

902 ESPIRITISMO MENSAGENS DE LUZ NA VOZ DE VOZ DE CHICO XAVIER BEN...

905 ESPIRITISMO MENSAGENS DE LUZ NA VOZ DE VOZ DE CHICO XAVIER CAN...

901 ESPIRITISMO MENSAGENS DE LUZ NA VOZ DE VOZ DE CHICO XAVIER BAR...

900 ESPIRITISMO MENSAGENS DE LUZ NA VOZ DE VOZ DE CHICO XAVIER AUX...

899 ESPIRITISMO MENSAGENS DE LUZ NA VOZ DE VOZ DE CHICO XAVIER AMO...

898 ESPIRITISMO MENSAGENS DE LUZ NA VOZ DE VOZ DE CHICO XAVIER AMA...

897 ESPIRITISMO MENSAGENS DE LUZ NA VOZ DE VOZ DE CHICO XAVIER ALE...

895 ESPIRITISMO MENSAGENS DE LUZ NA VOZ DE VOZ DE CHICO XAVIER A M...

896 ESPIRITISMO MENSAGENS DE LUZ NA VOZ DE VOZ DE CHICO XAVIER AGR...

894 ESPIRITISMO MENSAGENS DE LUZ NA VOZ DE VOZ DE CHICO XAVIER A E...

Ama Sempre



Encontrarás talvez, junto de ti, os que te pareçam errados.

Esse cometeu falta determinada, aquele se acomodou numa situação considerada infeliz.

Respeita o tribunal que lhes indicou tratamento, sem recusar-lhes auxílio. Quem conhecerá todas as circunstâncias para sentenciar, em definitivo, quanto às atitudes de alguém, analisando efeitos sem penetrar as causas profundas?

Deliciava-se certa jovem com o perfume das rosas que lhe vinham desabrochar na janela. Orgulhosa das ramas que escalavam paredes, de modo a ofertar-lhe as flores, quis corrigir o jardim, no pedaço de chão em que a planta se levantava. Pequeno monte de terra adubada, a destacar-se de nível, foi violentamente arrancado, mas justamente aí palpitava o coração da roseira.

Decepada a raiz, morreram as flores. Quantas criaturas estarão resignadas à moradia em situações categorizadas por lodo, para que as rosas da alegria e da segurança possam brilhar nas janelas de nossa vida?

Aceita os outros tais quais são.

Espera e serve.

Abençoa e ama sempre.

O errado hoje, em muitos casos, será o certo amanhã.

O julgamento é dos homens, mas a Justiça é de Deus.

XAVIER, Francisco Cândido. Amizade. Pelo Espírito Meimei. IDEAL.

terça-feira, 23 de outubro de 2012

Liberdade



José Passini
Juiz de Fora - MG
http://www.aeradoespirito.net/ArtigosJP/LIBERDADE_JP.html

O desejo de ser livre é inato. É tão inerente à criatura, que se pode dizer que faz parte da herança divina concedida desde a sua criação. A busca da liberdade, no ser humano, é tão natural como o é a busca da luz pela planta. É seguramente o anseio pela liberdade um dos impulsos mais fortes dentre os experimentados por todos os que têm a capacidade de sentir.

Entretanto, se é verdade que esse desejo sagrado do exercício da própria liberdade é inerente ao ser humano, não menos verdade é que os espíritos ainda dominados pelo egoísmo buscam cercear a liberdade dos outros.

Quantas guerras foram feitas exatamente na negação desse nobre sentimento, quando povos poderosos impunham sua dominação sobre outros, num flagrante desrespeito ao legítimo anseio de liberdade? Quantos indivíduos e povos se sublevaram, inconformados com a tirania, com a opressão, a que foram submetidos?

Se, nesses dois mil anos que se passaram desde as pregações de Jesus, houvessem sido postos em prática os ensinamentos do seu Evangelho, o homem teria aprendido que a sua liberdade termina exatamente onde começa a do seu próximo, e que não lhe é lícito impor a outrem aquilo que não quer para si.

No tempo de Jesus, nem a liberdade de a criatura relacionar-se com o Criador era observada. Havia uma clara agressão à liberdade, não só de culto, mas da própria crença. O Mestre, que a todos respeitou, nunca impondo nada a ninguém, não teve a sua liberdade de pensamento respeitada. Sofreu o peso da opressão daqueles mesmos que clamavam a Deus contra a dominação romana. Como podiam pedir a Deus uma libertação do jugo estrangeiro, se não reconheciam o direito de ser livre em seus próprios concidadãos?

Jesus foi acusado e condenado por ensinar que somos todos livres, e que, perante Deus, todos temos o mesmo direito. E é tão fácil entender que, se somos todos filhos de um mesmo Pai justo, temos todos o inalienável direito a igual quinhão de liberdade.

Entretanto, nem mesmo a nobre lição de Jesus conseguiu que se banisse da Terra a prática nefasta de se negar à criatura o direito de se relacionar livremente, como bem lhe aprouvesse, com o seu Criador. Quanta perseguição religiosa conheceram os séculos posteriores, em nome do maior libertador de consciências que o mundo conheceu?

Ao examinarmos os maus exemplos religiosos, podemos compreender por que pôde a nossa civilização cristã ter abrigado algo tão ignominioso como a escravidão. Como puderam, aqueles que pregavam a mensagem do Cristo, conviver com essa violação do direito de ser livre?

Hoje, passado mais de um século do fim desse jugo desumano, devemos parar e meditar, a fim de avaliarmos se a nossa civilização cristã, já no curso do terceiro milênio, aprendeu a respeitar integralmente a liberdade do próximo.

Somos livres para fazer tudo o que quisermos, desde que não interfiramos no direito do outro. Quando o uso da nossa liberdade interfere negativamente na vida do nosso próximo, incorremos em falta perante as leis eternas. Por isso, é necessário usarmos a nossa liberdade com sabedoria, a fim de não nos tornarmos vítimas de equívocos.

Entretanto, há muita confusão entre liberdade e libertinagem. Quantos, em nome da liberdade de expressão agridem outras pessoas através do mau uso da palavra? E o que dizer daqueles que, noite a dentro, no pretenso uso da sua liberdade, desrespeitam o direito ao sono de outras pessoas? Quantos, usando da liberdade de dirigir seu carro, não imprimem velocidade excessiva, pondo em risco a vida do seu semelhante?

Entretanto, é lícito se pergunte se uma sociedade, que cultiva os ideais de liberdade, tem o direito de encarcerar alguém. Pode parecer um paradoxo que as civilizações mais avançadas, onde os conceitos de liberdade são os mais profundos, possam prever a restrição de liberdade de uma criatura, encarcerando-a. Todavia, essa atitude, se olhada sob outro prisma, pode ser vista como a defesa do direito de outras criaturas, prejudicadas pelo mau uso da liberdade por parte daquele que ainda não aprendeu a viver livremente.

O exemplo maior a respeito do uso da liberdade foi dado por Jesus, que nunca invadiu a área de decisão de quem quer que fosse. Ele foi, sem sombra de dúvida, o Espírito que mais respeitou a liberdade do próximo, nunca impondo nada a ninguém! Seus ensinamentos sempre foram lançados como sementes do Bem e da Verdade, sem a exigência de que a criatura os assimilasse imediatamente e se modificasse da noite para o dia. Por sentir, em profundidade, essa postura do Mestre é que Paulo disse: “... onde está o Espírito do Senhor aí há liberdade. (II Co, 3: 17).

“E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará.” (Jo, 8: 32). Com tal afirmativa, o Mestre certamente nos quer dizer que a verdadeira liberdade é aquela do Espírito, nascida da compreensão, do entendimento das leis da vida, pois à medida que o Espírito conhece a verdade, aprende a usar a sua liberdade com sabedoria, em consonância com os princípios de respeito à liberdade do próximo.

Mas, muitos se dizem livres e, por não conhecerem a Verdade, são escravos de paixões, do álcool, do fumo, de drogas, do sexo, da gula. A criatura que busca a Verdade, através do estudo e da meditação, vai-se libertando de jugo de interesses transitórios e ligando-se àquilo que tem importância para ela diante da Eternidade.

Quantos se dizem livres e são escravos da propaganda? É exatamente pela falta de reflexão que o homem se escraviza à moda, ao consumismo, tudo isso em nome da liberdade de escolha.

O ser humano, por falta de uma visão mais profunda da vida, está sempre tentando usar a sua liberdade em detrimento do direito do seu próximo. Não é exemplo disso a atitude de criaturas que, diante de uma gravidez indesejada, dizem: “Sou uma criatura livre. Tenho direito de decidir sobre o meu corpo, a minha vida me pertence.” Entretanto, não se lembra que aquele ser cujo corpo está se formando em seu seio, pode dizer que também ele tem direito à vida, à liberdade de viver.

Uma pessoa sensata sempre deve pensar: “Será que a minha liberdade não estará esbarrando na liberdade, no direito do meu próximo?” “Será que estou observando, em relação aos outros, o mesmo direito que desejo seja observado em relação a mim?”


terça-feira, 18 de setembro de 2012

4shared - Upload - pasta compartilhada - armazenamento e compartilhamento de arquivos grátis

4shared - Upload - pasta compartilhada - armazenamento e compartilhamento de arquivos grátis

MAIS VOCE - TOQUE TERAPEUTICO - A CURA PELA IMPOSIÇÃO DAS MÃOS - YouTube



ESPIRITISMO - MAIS VOCE - TOQUE TERAPEUTICO - A CURA PELA IMPOSICAO DAS MAOS - YouTube

http://tvg.globo.com/programas/mais-voce/O-programa/noticia/2012/09/toque-terapeutico-cura-pelas-maos-ajuda-no-tratamento-de-doencas-graves.html

http://tvg.globo.com/programas/mais-voce/videos/t/programas/v/toque-terapeutico-cura-pelas-maos-ajuda-no-tratamento-de-doencas-graves/2133098/

http://tvg.globo.com/programas/mais-voce/videos/t/programas/v/enfermeira-ana-cristina-mostra-o-funcionamento-do-toque-terapeutico/2133102/

http://tvg.globo.com/programas/mais-voce/videos/t/programas/v/arquiteta-conta-o-que-esta-sentindo-ao-receber-o-toque-terapeutico/2133108/


Projeto Espiritismo no Youtube:
Acervo no Youtube: http://www.youtube.com/user/DercioC

Acervo no 4Shared: http://www.4shared.com/account/dir/XiDsmKtc

Programa Palestra Espírita

Acervo no Youtube: http://www.youtube.com/user/PEspirita

Acervo no 4Shared: http://www.4shared.com/account/dir/qr-2_vUE

Irmão Sol com Irmã Luz - Na Voz de ELIZABETE LACERDA


Link  do Canal
http://www.youtube.com/user/ElizabeteLacerda?feature=watch

TDM e MAGNETISMO da A.B.C.E. BATUÍRA: Palavras do Codificador

TDM e MAGNETISMO da A.B.C.E. BATUÍRA: Palavras do Codificador

segunda-feira, 27 de agosto de 2012

DR. MESMER - O FEITICEIRO - Magnetismo Selvagem

Amigo Espírita
http://www.youtube.com/user/ze40?feature=watch




Link Direto
http://youtu.be/BYH05zCsHlU

BLOG ESPÍRITA OLÍVIA: Você deve ser aquele tipo que acha que é experto ?...

BLOG ESPÍRITA OLÍVIA: Você deve ser aquele tipo que acha que é experto ?...:


Você deve ser aquele tipo que acha que é esperto, que pode enganar as pessoas, que
nunca será pego. Eu tenho uma má notícia para você.

Deixe-me entrar num assunto que você não conhece nada. Presta atenção. Nós somos
espíritos imortais, não morremos nunca, quem falece é só o corpo, que volta para a
Terra porque é material, mas o espírito volta a sua condição natural de espírito liberto.
Ora, como todo dia morre gente, e eles ficam por aí, estamos cercados por espíritos.
Bons, maus, honestos, desonestos, imorais, doentes, vingativos, amigos, caridosos, de
luz, de trevas etc.

Conforme a nossa índole, o nosso jeito de ser, vamos atraindo para junto de nós esses
espíritos.

Uma pessoa boa atrai bons espíritos, uma pessoa má, desonesta, imoral atrai espíritos do
mesmo tipo, que depois não desgrudam mais. Quando você consegue alguma coisa
desonestamente, como estes espíritos te ajudam, eles consideram que você deve a eles
também e cobram caro, muitas vezes aguardam a pessoa quando dorme e até depois da
sua morte cobram os favores que fez. Está percebendo a enrascada que você está se
metendo? Você nunca vai ter nada conseguido de forma desonesta ou imoral, porque a
presença destes espíritos tão doentes quanto você não permite. Eles te intuem, “faz
assim ou assado”, dão uma idéia genial, você pensa que é tua, mas não, é deles, e eles
cobram esse “auxílio”.

Você já começou a dormir mal e a ter pesadelos, sua vida tem muita coisa errada?? É a
presença desses espíritos.

Se as coisas erradas ainda não começaram a acontecer, pode esperar que logo você vai
“sentir na pele” o que é sintonizar com esses espíritos.
Estude, há uma literatura muito rica a respeito da influência dos espíritos em nossas
vidas. Pare para pensar, analise. Você pode enganar 1, 10, 100, 1000 pessoas, mas
jamais vai enganar os espíritos, jamais vai enganar as Leis Divinas que fazem com que
tudo retorne para nós mais cedo ou mais tarde. Atos bons geram paz, felicidade,
harmonia etc. Atos ruins retornam doença, desarmonia, dor e sofrimento. Deus não
tem nada com isso. É da Lei de Causa e Efeito que cada um “colha” de acordo com o
que tiver “plantado”.

Agora você tem duas opções: pare e estanque essa dor que você está gerando para você
mesmo; ou então continue teimosamente e agüente o “rojão”, porque a vida não perdoa
e não se corrompe como as leis humanas, a vida sempre vai devolver pra você o que
você tiver feito para ela.

Se você conseguiu ler até aqui, os espíritos amigos que você tem (muitas vezes,
parentes já desencarnados) podem ter esperança que você vai mudar a sua vida.

Pense nisso, não decepcione aqueles que te amam.

Fica com Deus.

TUPINAMBÁ MACHADO.

Publicação autorizada pelo autor.

segunda-feira, 20 de agosto de 2012

BLOG ESPÍRITA OLÍVIA: Novos vídeos de palestras na Rede Amigo

BLOG ESPÍRITA OLÍVIA: Novos vídeos de palestras na Rede Amigo: Elevemo-NOS - Estudo do Livro dos Espíritos - Questão 208 "Por Entre como Dores", com Aloísio Carlos da Silva ...

Relação de Áudios Disponíveis em Rede Amigo Espírita




Relação de Áudios disponíveis:

22ª Aula de Estudo das Obras de Emmanuel

21ª Aula de Estudos das Obras de Emmanuel 

20ª Aula de Estudos das Obras de Emmanuel 

19ª Aula de Estudos das Obras de Emmanuel

18 ª Aula de Estudos das Obras de Emmanuel

17ª aula de estudos das Obras de Emmanuel

16ª Aula de Estudos das Obras de Emmanuel

15ª Aula de Estudos das Obras de Emmanuel 

 

14ª Aula de Estudos das Obras de Emmanuel

 

13ª Aula de Estudos das Obras de Emmanuel

12ª Aula de Estudos das Obras de Emmanuel

11ª Aula de Estudos das Obras de Emmanuel

10ª Aula de Estudos das Obras de Emmanuel

9ª Aula de Estudos das Obras de Emmanuel

8ª Aula de Estudos das Obras de Emmanuel 

7ª Aula de Estudo da Obras de Emmanuel

6ª Aula de Estudo das Obras de Emmanuel

5ª Aula de Estudo das Obras de Emmanuel

4ª Aula de Estudo das Obras de Emmanuel

3ª Aula de Estudo das Obras de Emmanuel

2ª Aula de Estudo das Obras de Emmanuel

1ª Aula de Estudo das Obras de Emmanuel

sexta-feira, 17 de agosto de 2012

FEDERAÇÕES ESPÍRITAS


FEDERAÇÃO ESPÍRITA DO ESTADO DO ACRE

Federação Espírita de Alagoas


Federação Espírita do Amapá

Federação Espírita Amazonense

Federação Espírita do Estado da Bahia

Federação Espírita do Estado do Ceará

 Federação Espírita do Distrito Federal

Federação Espírita do Estado do Espírito Santo
http://www.feees.org.br/

Federação Espírita do  Maranhão
http://www.femar.org.br/paginas/proximos_eventos.php 

 Federação Espírita do Estado do Mato Grosso
http://www.feemt.org.br/ 

 União Espírita Mineira
http://www.uemmg.org.br/ 

 Pará Espírita
http://www.paraespirita.com.br/site3/ 

 Federação Espírita Paraibana
http://fepb.org.br/ 

 Federação Espírita do Paraná
http://www.feparana.com.br/ 

 Federação Espírita Piauense
http://www.fepiaui.org.br/site/ 

 Conselho Espírita do Estado do Rio de Janeiro
http://www.ceerj.org.br/portal/ 

Federação Espírita do Rio Grande do Norte
http://www.fern.org.br/ 

Federação Espírita do Rio Grande do Sul
http://www.fergs.org.br/portal/ 

Federação Espírita Raraimense
http://www.fer.org.br/ 

Federação Espírita Catarinense
http://www.fec.org.br/ 

Portal da Federação Espírita do Estado de São Paulo
http://feesp.com.br/eventos/palestras/ 

Federação Espírita do Estado de Sergipe
http://www.fees.org.br/

Federação Espírita do Estado do Tocantins
http://www.feetins.org.br/

Federações Espírita
http://www.fern.org.br/movimento-espirita/links/14-federacoes.html

 




















domingo, 12 de agosto de 2012

terça-feira, 26 de junho de 2012

Aborto Criminoso

Mais mensagens no link abaixo:

http://br.groups.yahoo.com/group/reflexaoespirita/messages

- Reconhecendo-se que os crimes do aborto provocada criminosamente surgem, em esmagadora maioria, nas classes mais responsáveis da comunidade terrestre, como identificar o trabalho expiatório que lhes diz respeito, se passam quase totalmente despercebidas da justiça humana?

Temos no Plano Terrestre cada povo com o seu código penal apropriado à evolução em que se encontra; mas, considerando o Universo em sua totalidade como Reino Divino, vamos encontrar o Bem do Criador para todas as criaturas, como Lei básica, cujas transgressões deliberadas são corrigidas no próprio infrator, com o objetivo natural de conseguir-se, em cada círculo de trabalho no Campo Cósmico, o máximo de equilíbrio o com respeito máximo aos direitos alheios, dentro da mínima pena.
Atendendo-se, no entanto, a que a Justiça Perfeita se eleva, indefectível, sobre o Perfeito Amor, no hausto de Deus "em nos que movemos e existimos", toda reparação, perante a Lei básica a que nos reportamos, se realiza em termos de vida eterna e não segundo a vida fragmentária que conhecemos na encarnação humana, porqüanto, uma existência pode estar repleta de acertos e desacertos, méritos e deméritos e a Misericórdia do Senhor preceitua, não que o delinqüente seja flagelado, com extensão indiscriminada de dor expiatória, o que seria volúpia de castigar nos tribunais do destino, invariavelmente regidos pela Eqüidade Soberana, mas sim que o mal seja suprimido de suas vítimas, com a possível redução do sofrimento.
Desse modo, segundo o princípio universal do Direito Cósmico a expressar-se, claro, no ensinamento de Jesus que manda conferir "a cada um de acordo com as próprias obras", arquivamos em nós as raízes do mal que acalentamos para extirpá-las à custa do esforço próprio, em companhia daqueles que se no afinem à faixa de culpa, com os quais, perante a Justiça Eterna, os nossos débitos jazem associados.
Em face de semelhantes fundamentos, certa romagem na carne, entremeada de créditos e dívidas, pode terminar com aparências de regularidade irrepreensível para a alma que desencarna, sob o apreço dos que lhe comungam a experiência, seguindo-se de outra em que essa mesma criatura assuma a empreitada do resgate próprio, suportando nos ombros as conseqüências das culpas contraídas diante de Deus e de si mesma, a fim de reabilitar-se ante a Harmonia Divina, caminhando, assim, transitoriamente, ao lado de Espíritos incursos em regeneração da mesma espécie.
É dessa forma que a mulher e o homem, acumpliciados nas ocorrências do aborto delituoso, mas principalmente a mulher, cujo grau de responsabilidade nas faltas dessa natureza é muito maior, à frente da vida que ela prometeu honrar com nobreza, na maternidade sublime, desajustam as energias psicossomáticas, com mais penetrante desequilíbrio do centro genésico, implantando nos tecidos da própria alma a sementeira de males que frutescerão, mais tarde, em regime de produção a tempo certo. Isso ocorre não somente porque o remorso se lhes entranhe no ser, à feição de víbora magnética, mas também porque assimilam, inevitavelmente, as vibrações de angústia e desespero e, por vezes, de revolta e vingança dos Espíritos que a Lei lhes reservara para filhos do próprio sangue, na obra de restauração do destino.
No homem, o resultado dessas ações aparece, quase sempre, em existência imediata àquela na qual se envolveu em compromissos desse jaez, na forma de moléstias testiculares, disendocrinias diversas, distúrbios mentais, com evidente obsessão por parte de forças invisíveis emanadas de entidades retardatárias que ainda encontram dificuldade para exculpar-lhes a deserção.
Nas mulheres, as derivações surgem extremamente mais graves. O aborto provocado, sem necessidade terapêutica, revela-se matematicamente seguido por choques traumáticos no corpo espiritual, tantas vezes quantas se repetir o delito de lesa-maternidade, mergulhando as mulheres que o perpetram em angústias indefiníveis, além da morte, de vez que, por mais extensas se lhes façam as gratificações e os obséquios dos Espíritos Amigos e Benfeitores que lhes recordam as qualidades elogiáveis, mais se sentem diminuídas moralmente em si mesmas, com o centro genésico desordenado e infeliz, assim como alguém indebitamente admitido num festim brilhante, carregando uma chaga que a todo instante se denuncia.
Dessarte, ressurgem na vida física, externando gradativamente, na tessitura celular de que se revestem, a disfunção que podemos nomear como sendo a miopraxia do centro genésico atonizado, padecendo, logo que reconduzidas ao curso da maternidade terrestre, as toxemias da gestação. Dilapidado o equilíbrio do centro referido, as células ciliadas, mucíparas e intercalares não dispõem da força precisa na mucosa tubária para a condução do óvulo na trajetória endossalpingeana, nem para alimentá-lo no impulso da migração por deficiência hormonal do ovário, determinando não apenas os fenômenos da prenhez ectópica ou localização heterotópica do ovo, mas também certas síndromes hemorrágicos de suma importância, decorrentes da nidação do ovo fora do endométrio ortotópico, ainda mesmo quando já esteja acomodado na concha uterina, trazendo habitualmente os embaraços da placentação baixa ou a placenta prévia hemorragipara que constituem, na parturição, verdadeiro suplício para as mulheres portadoras do órgão germinal em desajuste.
Enqüadradas na arritmia do centro genésico, outras alterações orgânicas aparecem, flagelando a vida feminina como sejam o descolamento da placenta eutópica, por hiperatividade histolítica da vilosidade corial; a hipocinesia uterina, favorecendo a germicultura do estreptococo ou do gonococo, depois das crises endometríticas puerperais; a salpingite tubercuksa; a degeneração cística do córto; a salpingooforite, em que o edema e o exsudato fibrinoso provocam a aderência das pregas da mucosa tubária, preparando campo propício às grandes inflamações anexiais, em que o ovário e a trompa experimentam a formação de tumores purulentos que os identificam no mesmo processo de desagregação; os síndromes circulatórios da gravidez aparentemente normal, quando a mulher, no pretérito, viciou também o centro cardíaco, em conseqüência do aborto calculado e seguido por disritmia das forças psicossomáticas que regulam o eixo elétrico do coração, ressentindo-se, como resultado, na nova encarnação e em pleno surto de gravidez, da miopraxia do aparelho cardiovascular, com aumento da carga plasmática na corrente sangüínea, por deficiência no orçamento hormonal, daí resultando graves problemas da cardiopatia conseqüente.
Temos ainda a considerar que a mulher sintonizada com os deveres da maternidade na primeira ou, às vezes, até na segunda gestação, quando descamba para o aborto criminoso, na geração dos filhos posteriores, inocula automaticamente no centro genésico e no centro esplênico do corpo espiritual as causas sutis de desequilíbrio recôndito, a se lhe evidenciarem na existência próxima pela vasta acumulação do antígeno que lhe imporá as divergências sangüíneas com que asfixia, gradativamente, através da hemólise, o rebento de amor que alberga carinhosamente no próprio seio, a partir da segunda ou terceira gestação, porque as enfermidades do corpo humano, como reflexos das depressões profundas da alma, ocorrem dentro de justos períodos etários.
Além dos sintomas que abordamos em sintética digressão na etiopatogenia das moléstias do órgão genital da mulher, surpreenderemos largo capítulo a ponderar no campo nervoso, à face da hiperexcitação do centro cerebral, com inquietantes modificações da personalidade, a ralarem, muitas vezes, no martirológio da obsessão, devendo-se ainda salientar o caráter doloroso dos efeitos espirituais do aborto criminoso, para os ginecologistas e obstetras delinqüentes.


- Para melhorar a própria situação, que deve fazer a mulher que se reconhece, na atualidade, com dívidas no aborto provocado, antecipando-se, desde agora, no trabalho da sua própria melhoria moral, antes que a próxima existência lhe imponha as aflições regenerativas?


- Sabemos que é possível renovar o destino todos os dias.
Quem ontem abandonou os próprios filhos pode hoje afeiçoar-se aos filhos alheios, necessitados de carinho e abnegação.
O próprio Evangelho do Senhor, na palavra do Apóstolo Pedro, advertenos quanto à necessidade de cultivarmos ardente caridade uns para com os outros, porque a caridade cobre a multidão de nossos males

(1a. Epístola à Pedro, capítulo 4, versículo 8).
XAVIER, Francisco Cândido; VIEIRA, Waldo. Evolução em Dois Mundos. Pelo Espírito André Luiz. FEB. Capítulo 34. 

* * * Estude Kardec * * *

Aos Anjos Guardiões E Aos Espíritos Protetores

Clicar no link abaixo para acessar:
http://evangelhoespirita.wordpress.com/coletanea-de-preces-espiritas/ii-preces-pessoais/i-aos-anjos-guardioes-e-aos-espiritos-protetores/

Não Julgueis Para Não Serdes Julgados

Clicar no link abaixo para acessar:
http://evangelhoespirita.wordpress.com/capitulos-1-a-27/cap-10-bem-aventurados-os-misericordiosos/nao-julgueis-para-nao-serdes-julgados/

Preces Espíritas


Clicar no link abaixo para acessar:
http://evangelhoespirita.wordpress.com/coletanea-de-preces-espiritas/

O Evangelho Segundo o Espiritismo

Clicar no link abaixo para acessar:
http://evangelhoespirita.wordpress.com/

segunda-feira, 28 de maio de 2012

sábado, 10 de março de 2012

Confira o site - BENEDITO VIEIRA ESPIRITISTA

 Clicar no link abaixo para acessar o site:
http://beneditovieira.blogspot.com

Assista agora Web Tv ao vivo

 Clicar no link abaixo para assistir:
http://www.redemundomaior.com.br/

Agradecimento à Benedito Vieira

 Publicado por Ismael em http://blogoliviaespirita.blogspot.com

Por Ismael Fernandes Vieira




Hoje, 29 de fevereiro de 2012, faleceu Benedito Vieira, meu avô, um homem que viveu na bondade, ajudando ao próximo, com Paz, Amor e Caridade.


Para mim um parente, para muitas pessoas que fizeram parte de sua vida um orientador espiritual, um amigo e acima de tudo, um homem bom.


Sua vida foi uma verdadeira missão, que se encerrou hoje, aqui neste plano.


A principal lição que me deixou foi "amar ao próximo como a ti mesmo e a Deus sobre todas as coisas", o mandamento que Jesus nos deixou, que vale pelos 10.


Foi com ele e com minha avó Olivia Fernandes Vieira, que dá título à este blog que aprendi a orar, rezar o Pai Nosso e muito dos valores que tenho hoje, os mesmos que foram passados ao meu pai, que devemos ser pessoas boas e sempre praticar o Bem.





Obrigado por tudo,

Ouça agora Radio Fraternidade

 Clicar no link abaixo para ouvir:
http://www.radiofraternidade.com.br/fraternidade/

sexta-feira, 9 de março de 2012

quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

Curso de Ingles Grátis

Ser Especial



Ser especial


Conta-se que um famoso palestrante começou um seminário segurando uma nota de cem reais. Para as cerca de duzentas pessoas que se encontravam na sala, ele perguntou quem queria aquela nota.
Todos ergueram a mão.

Então, ele amassou a nota e perguntou outra vez quem desejava possuí-la. As mãos continuaram erguidas.
Ele amassou a nota um tanto mais. Depois de se encontrar bem amarrotada, a mostrou ao público e repetiu a pergunta.

Eles continuavam a querer a nota. Agora, pareciam ansiosos, esperando que ele decidisse, de uma vez por todas, quem a receberia.

Mas, o palestrante a colocou com cuidado sobre a mesa, procurando alisá-la, a fim de que melhorasse seu aspecto. Enquanto ia fazendo isso, lentamente, foi falando:

O que acabamos de vivenciar nos deve servir de grande lição. Não importa o que eu faça com o dinheiro, vocês ainda irão querer esta nota, porque ela não perde o valor.
Amarrotada, amassada, dobrada, envelhecida, enrugada, ela continuará a ter o mesmo valor, cem reais.

Pois bem. Em nossas vidas também ficamos um tanto amassados, amarrotados pelas desilusões que nos permitimos, pelas dificuldades próprias da vida, pelo cansaço que vai tomando conta de nós.

Às vezes, nos dobramos ante o peso das dores que nos chegam. De outras, o pranto que derramamos pela perda financeira ou pelo abandono de um amigo, nos deixa com aspecto doentio, enrugado. É como se nos permitíssemos murchar pela dor.

Os anos pintarão marcas em nossas faces, alterando o brilho dos olhos e a maciez da pele. As mãos perderão algo da sua flexibilidade e as pernas demorarão um pouco mais para a realização dos movimentos.

A nossa memória poderá nos pregar algumas peças, ensejando-nos trocar nomes de pessoas, esquecer datas importantes ou fatos ocorridos.

De outras vezes, poderemos nos sentir como notas sujas, pelas decisões erradas que tomamos. É quando o remorso chega e tenta se assenhorear de nossa mente.

Quando tudo isso acontece, nos sentimos homens ou mulheres sem valor.

Mas, não é verdade. Não importa quanto estejamos sujos, maltratados, amarrotados, pisados, enrugados. Continuamos a ter valor. Um valor especial.

Isso porque cada um de nós é especial. Somos espíritos imortais e se, a caminho da perfeição, passamos por pântanos, estradas solitárias e lamaçais, ainda assim continuamos a ser especiais.


*   *   *

Não entremos em depressão por descobrir que somos uma pessoa com muitas falhas.
É sempre tempo de recomeçar. Levantemos a cabeça. Tomemos a decisão. E mudemos.
Se praticamos o mal, proponhamo-nos a consertar o que for possível.

Se estamos magoados, sacudamos a poeira dos sentimentos que nos deixam doentes, observemos o dia que nasce e conscientes de que somos únicos, adentremos pelos caminhos que produzem vontade de viver.

Se, por acaso, descobrirmos que ninguém nos ama, tenhamos certeza que, acima e além de todos, quem nos criou, nos ama de forma incondicional.

Assim, espanquemos a tristeza. Acabemos com o desânimo.
Lembremos: hoje é o melhor dia de toda nossa vida. E somos seres muito, muito especiais.

Redação do Momento Espírita, com base no
artigo Para um amigo especial, de autoria
ignorada.
Em 23.4.2014.

FEDERAÇÕES ESPÍRITAS

FEDERAÇÃO ESPÍRITA DO ESTADO DO ACRE

Federação Espírita de Alagoas

Federação Espírita do Amapá
Federação Espírita Amazonense
Federação Espírita do Estado da Bahia
Federação Espírita do Estado do Ceará
Federação Espírita do Distrito Federal
Federação Espírita do Estado do Espírito Santo
http://www.feees.org.br/
Federação Espírita do Maranhão
http://www.femar.org.br/paginas/proximos_eventos.php Federação Espírita do Estado do Mato Grosso http://www.feemt.org.br/
União Espírita Mineira
http://www.uemmg.org.br/ Pará Espírita http://www.paraespirita.com.br/site3/ Federação Espírita Paraibana http://fepb.org.br/ Federação Espírita do Paraná http://www.feparana.com.br/ Federação Espírita Piauense http://www.fepiaui.org.br/site/ Conselho Espírita do Estado do Rio de Janeiro http://www.ceerj.org.br/portal/ Federação Espírita do Rio Grande do Norte http://www.fern.org.br/ Federação Espírita do Rio Grande do Sul http://www.fergs.org.br/portal/ Federação Espírita Raraimense http://www.fer.org.br/ Federação Espírita Catarinense http://www.fec.org.br/ Portal da Federação Espírita do Estado de São Paulo http://feesp.com.br/eventos/palestras/ Federação Espírita do Estado de Sergipe http://www.fees.org.br/ Federação Espírita do Estado do Tocantins http://www.feetins.org.br/ Federações Espírita http://www.fern.org.br/movimento-espirita/links/14-federacoes.html

NATAL É JESUS

“Há mais, muito mais, para o Natal do que luz de vela e alegria; É o espírito de doce amizade que brilha todo o ano. É consideração e bondade, é a esperança renascida novamente, para paz, para entendimento, e para benevolência dos homens.”